quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Santa Maria Faustina Kowalska, apóstola da Divina Misericórdia





Oração do acolhimento 

Ajudai-me, Senhor, para que meus olhos sejam misericordiosos, para que eu jamais suspeite nem julgue as pessoas pela aparência externa, mas 


perceba a beleza interior dos outros e possa ajudá-los.

Ajudai-me para que meu ouvido seja misericordioso, de modo que eu esteja atenta (o) às necessidades do próximo e não me permitais permanecer indiferente diante de suas dores e lágrimas. 


Ajudai-me Senhor, para que a minha língua seja misericordiosa, de modo que 

eu nunca fale mal do próximo; que eu tenha para cada um deles uma palavra 
de conforto e de perdão. 
Ajudai-me, Senhor, para que as minhas mãos sejam misericordiosas e 
transbordantes de boas obras, nem se cansem de jamais fazer o bem aos 
outros, enquanto de minha parte aceitarei as tarefas mais difíceis e penosas. 
Ajudai-me-para que os meus pés sejam misericordiosos, levem sem descanso
ajuda aos meus irmãos, vencendo a fadiga e o cansaço: o meu repouso seja 
servir a outros. 
Ajudai-me Senhor, para que o meu coração seja misericordioso, para que eu 
seja sensível a todos os sofrimentos do próximo; ninguém receba uma recusa
do meu coração. Que eu conviva sinceramente mesmo com aqueles que abusam da minha bondade. Quanto à mim, me encerro no coração misericordiosíssimo de Jesus, silenciando aos outros o quanto tenha que sofrer.  


Vós mesmo mandais que eu me exercite em três graus de misericórdia; 
primeiro: ato de misericórdia_de qualquer gênero que seja; segundo: 
palavra de misericórdia_se não puder com a ação, então com a palavra; 
terceiro_é a oração. Se não puder demonstrar com a ação nem com a palavra 
a misericórdia, sempre posso com a oração. A minha oração pode atingir até 
onde não posso estar fisicamente. 


Ó meu Jesus, transformai-me em Vós, porque Vós tudo podeis. 

Santa Faustina Kowalska 



Oração


Senhor, disseste que, se escutarmos e vivermos a tua palavra, conheceremos a verdade, e que «a verdade nos libertará» (cfr. Jo 8). Dá-nos a graça de rezar e de viver a ardente súplica: «Venha o teu Reino», que é verdade e liberdade de Deus e do homem. Dá-nos a graça de a rezar com tal perseverança que ela se torne, não só um desejo do nosso coração, mas também coragem e compromisso libertador de toda a nossa ação e da nossa relação com quantos, como nós, são Igreja peregrina rumo aos esplendores do Reino. Amém!

Oração do dia 05/10/2017

Espírito do bem, torna-me instrumento da ação misericordiosa do Pai, na história humana, de modo a ser capaz de neutralizar as forças do mal. Amém!



Eu quero uma benção - com Padre Alessandro Campos 




Oração por um dia feliz - com Dom Murilo Krieger









Nenhum comentário:

Postar um comentário