Como Fazer Jejum e Oração

 Na bíblia encontramos diversas passagens que relatam experiências em que as pessoas buscavam alcançar graças através de um período de Jejum e oração.


Naqueles dias eu, Daniel, estava pranteando por três semanas inteiras. Nenhuma coisa desejável come, nem carne nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com ungüento, até que se cumpriram as três semanas completas.” (Dn 10, 2-3)

As pessoas sempre interpretam jejum como a ausência total de qualquer tipo de Alimento. É isso sim, mas não é só isso. Você pode jejuar de diversas formas. Pode fazer um Jejum total, onde durante um dia inteiro se abstem de qualquer tipo de alimento ou um jejum parcial onde passa um período se abstendo de um determinado alimento . Sempre substituindo isso por orações e fé.

Quando nós somos movidos pela promessa de Deus e numa atitude que o agrada, começamos a transformar esta promessa em realidade no jejum e na oração; no momento em que nosso coração se humilha e busca a face do Senhor, nossas palavras são ouvidas no céu.

O tempo que se reserva ao Jejum deve ser destinado a buscar  a constante oração.

Na Bíblia encontramos a palavra do Senhor onde ele indica o jejum como um dos sisnais característicos  de um cristão.


Dicas de Jejum
Um dia dedicado ao jejum  onde você procura se abster de qualquer tipo de alimento e passa este dia em consagração ao Senhor. Procure orar e pedir forças ao Senhor durante este período.
Não faça cara de sofrimento para os demais. Pois você está em jejum com Deus e os outros não precisam saber que você está enfrentando isto.
Muitos gostam de expressar  no seu rosto que estão jejuando para que seus irmão e irmãos saibam. Estão fugindo do propósito principal do jejum comDeus.


Uma outra maneira de jejuar é um Jejum parcial.
No exemplo citado acima, nas palavras de Daniel ele passou 3 semans em jejum parcial e orando.
 3 semanas de maior oração e dedicação ao Senhor. Durante este tempo, evitaremos alimentos pelos quais buscamos mais saciar nosso gosto do que as necessidades reais do nosso organismo  Alimentos que comemos porque nos dão prazer. Abriremos mão deste prazer. Maneremos os alimentos necessários para nos mantermos saudáveis e de pé.
Aos que tiverem condições, escolher entre duas opções: ou iniciar a alimentação diária só a partir das 12h, ou simplesmente cortar uma das refeições do dia.


Este é um guia de orações para este jejum de 3 semanas

1 – Ore o salmo 22 e experimente a companhia do Bom Pastor.
2 – Ore o salmo 90 e proclame o poder de Deus para livrar você.
3 – Ore o salmo 67 e veja fugirem os inimigos de Deus.
4 – Ore o salmo 19 e confie na vitória que o Senhor lhe revelou.
5 – Ore o salmo 45 e prove o amparo de Deus na tribulação.
6 – Ore o salmo 55 e clame com confiança ao Senhor.
7 – Ore o salmo 66 e peça a abundante bênção do Senhor.
8 – Ore o salmo 94 e manifeste a sua alegria na presença de Deus.
9 – Ore o salmo 110 e proclame as grandes obras do Senhor.
10 – Ore o salmo 50 e peça ao Senhor um coração contrito.
11 – Ore o salmo 95 e cante a glória do Senhor.
12 – Ore o salmo 112 e renove suas forças no poder de Deus.
13 – Ore o salmo 118, 105–112 e faça da Palavra de Deus a sua luz.
14 – Ore o salmo 141 e revele a Deus as aflições do seu coração.
15 – Ore o salmo 145 e coloque no Senhor a sua esperança.
16 – Ore o salmo 123 e creia que o seu socorro é o nome do Senhor.
17 – Ore o salmo 99 e leve a fidelidade do Senhor.
18 – Ore o salmo 92 e descanse nas eternas promessas de Deus.
19 – Ore o salmo 83 e agradeça ao Senhor pelos seus benefícios.
20 – Ore o salmo 41 e espere a bênção do Senhor que vai chegando!
21 – Ore o salmo 150 e proclame a vitória do Senhor. Aleluia!


Este é só um exemplo.
Mas , decidindo jejuar , faça isso com consciência, não faça nada além de sua capacidade física, pois este não é o objetivo do jejum. Não é para passar fome ou adoecer, mas para se purificar, se concentrar e voltar sua atenção para Deus na busca de uma grande graça. 



Oração para o dia de Jejum

ORAÇÃO PARA O DIA DE JEJUM
Pe Slavko Barbaric
Senhor Deus, Criador do universo e meu Criador! Desejo agradecer-Te, hoje, pela maravilhosa ordem que estabeleceste o mundo. Obrigado, porque deste fertilidade à nossa Mãe-Terra, que produz todos os tipos de frutos. Obrigado, pelo alimento que se deriva dos frutos da terra. Pai, estou cheio de alegria por todas as tuas criaturas, razão pela qual eu te apresento o meu canto de agradecimento: Obrigado pela necessidade que temos do pão, todos os dias, e da água que mata a sede. Obrigado, Pai, por teres criado meu corpo tal qual ele é, podendo servir-se do alimento da terra e, desenvolvendo-se, servir a Ti. Obrigado, por todos aqueles que descobrem e desenvolvem, com seu trabalho, novas possibilidades de vida na Terra. Obrigado, pelos que, possuindo muitos bens, dividem com os outros. Obrigado, por aqueles que, embora fartos do pão de trigo, estão famintos do pão celeste. Obrigado, igualmente, por aqueles que, hoje, não tem o que comer, pois sei que Tu lhes enviarás o alimento, através de pessoas cheias de bondade e de amor.
Pai, hoje decidi fazer jejum. Não desprezo, com isso, as coisas que Tu criaste.
Não desejo renunciá-las, mas quero descobri-las novamente. Decidi jejuar, porque teus profetas jejuaram, porque teu Filho jejuou, jejuaram, também, teus  discípulos e apóstolos. Decidi jejuar, porque jejuou tua serva, a bem-aventurada Virgem Maria. Foi Ela quem me convidou ao jejum:
Queridos filhos: Hoje convido vocês para começarem a jejuar com o coração. Existem muitas pessoas que jejuam, mas somente por que os outros estão jejuando. Tornou-se um hábito, que não querem parar. Peço à Paróquia para jejuar em agradecimento, porque Deus permitiu-Me permanecer, assim por tanto tempo nesta Paróquia. Queridos filhos, jejuem e rezem com o coração!. Obrigada por term respondido ao meu chamado.” (20/09/84).
Pai, ofereço-Te este dia de jejum. Por meio dele, quero ouvir tua voz e vivê-la com mais empenho. Desejo, no decorrer deste dia, voltar-me mais para Ti, embora haja tantas coisas que me distraem ao meu redor. Ao fazer este jejum espontaneamente, peço pelos homens que passam fome e (levados por ela) provocam agitações no mundo. Ofereço este jejum, também, pela paz no mundo.
As guerras acontecem, porque estamos demasiadamente presos aos bens materiais e, por causa deles, inclinamo-nos ao morticínio. Ofereço-Te, ó Pai, este jejum por todos os homens que são escravos dos bens materiais e desprezam a existência de qualquer outro bem. Ó Pai, deixa-me ver o dom que nos dás com a prática do jejum.
Peço -Te perdão, também, pela enorme cegueira que de mim se apoderou, pois não te rendi graças pelos bens que possuo. Perdoa-me pelo mau uso dos meus bens, porque exagerei o seu valor. Quero, com o jejum de hoje, que Tu me faças capaz de apreciá-los acertadamente como também as pessoas que me cercam. Faze-me mais sensível para ouvir e acatar a tua palavra. Que este jejum me leve a crescer no amor para Contigo e para com o próximo!
Pai, hoje resolvi alimentar-me só de pão, para que possa compreender melhor o valor do Pão Celeste, que é a presença de Teu Filho na Eucaristia. Faze que cresçam em mim a fé e a confiança!
Pai, quero fazer jejum e aceitá-lo, porque, desta maneira, crescerá em mim o desejo de possuir-Te. Com alegria e agradecimento, reflito sobre as palavras de Teu Filho: “Bem-aventurados os pobres, porque deles é o Reino dos Céus”. Pai, torna-me pobre, diante de Ti ! Concede-me esta graça, para que, através do jejum, entenda eu, como tenho necessidade Ti. Aumenta em mim o desejo de Te possuir! Que o meu coração suspire por Ti, da mesma forma que o cervo suspira pelas fontes de água e o deserto  aguarda as nuvens que trazem as chuvas! Que, pelo jejum, ó Pai, cresçam a compreensão e a solidariedade, em favor dos que padecem fome e sede e não possuem bem algum. Ajuda-me a ver as coisas que possuo e de que não preciso e, assim, privando-me delas, vá em socorro de meus irmãos…
Pai, peço-Te a graça de entender que sou um peregrino nesta Terra. No momento de minha passagem para a outra vida, nada levarei, senão as boas obras que tenha praticado com amor. Que eu me lembre de que, mesmo possuindo bens, nada me pertence, pois tudo recebi para administrar bem … Pai, dá-me a graça de tornar-me mais humilde e mais aberto a cumprir Tua vontade. Para isso, livra-me do meu egoísmo e do meu orgulho!
Por meio deste jejum, livra-me dos maus hábitos, aplaca minhas paixões, faze-me crescer nas virtudes. Que na profundidade de minha alma permaneça a Tua graça e que ela me purifique e me domine totalmente!
Ajuda-me, Senhor, a parecer-me com Teu Filho em todas as provações e tentações, de modo que eu saiba repelir qualquer sedução e possa, deste modo, servir-Te, cada vez mais, buscando a tua Palavra.
Ó Maria Santíssima, Teu coração estava completamente livre. Teu compromisso era com a vontade de Deus. Obtém para mim, hoje, a graça do jejum alegre, em que meu coração possa entoar, Contigo, um cântico de ação de graças. Faze com que meu propósito de jejuar seja forte e duradouro. A fome que sentir, hoje, eu a ofereço por toda a humanidade. Ó Maria, intercede por mim! Pela tua intercessão e proteção, esteja eu livre de qualquer mal e da tentação diabólica! Ensina-me, ó Mãe, a jejuar e a rezar, para que eu fique, a cada dia, mais parecido com Teu Filho, Nosso Senhor, Jesus Cristo, no Espírito Santo!
Amém!